Tag Archives: frango

O frango revisitado

P1010204

Cá em casa somos só dois, por isso, no dia seguinte a qualquer frango assado, há sempre uma receita com aproveitamento de frango. E os restos de frango são mesmo das coisas mais versáteis e práticas que há.
Hoje, foi uma salada de frango.

Restos de frango assado desfiado
1 lata (pequena) de ervilhas e cenouras cozidas
1 lata (pequena) de milho doce
2 pêssegos pequenos
200g de couscous
10 cornichons (pequenos, ou menos dos grandes, cortados às rodelas)

Para o molho:
1 cm. de gengibre fresco ralado
1 colher de chá de mostarda de Dijon
1 colher de sopa de geleia de pêssego
sal, vinagre e azeite a gosto.

E pronto, basta misturar os ingredientes do molho, cozer o couscous, cortar o pêssego em pedacinhos, e juntar tudo. Fica com um sabor bastante suave, levemente agridoce e picante. Quem preferir um sabor mais intenso pode aumentar nas doses de gengibre e mostarda (picante), vinagre (ácido), ou compota de pêssego (doce), conforme o seu gosto.

Anúncios

Frango assado… sem batatas fritas

Hoje à noite fiz um banal frango assado, mas inovei nos acompanhamentos.

P1010201P1010202

Frango com batatas doces
1 frango, 1 colher de chá de pimentão doce, 1 colher de café de pimentão picante, sal grosso a gosto, 4 dentes de alho, azeite para ligar.
Num almofariz faz-se uma pasta com todos os temperos, com a qual se massaja o frango, por dentro e por fora.
Coloca-se num prato de forno, no qual se dispõe também uma batata doce grande (ou mais, das pequenas), descascada e cortada em cubos. salpica-se algum sal nas batatas e vai ao forno a 200ºC durante cerca de uma hora.

Ao mesmo tempo, aproveitei uma sobra de arroz de milho que tinha, fazendo um arroz de inspiração asiática…

– sobra de arroz de sabor neutro (branco, de cenoura, de ervilhas, de milho…)
– 1 colher de sopa de azeite;
– 1colher de chá de curcuma (açafrão das índias);
– 1 pitada de noz moscada, e de cominhos;
– nozes (a gosto);
– 1/2 maçã verde ralada.
Deitei uma colher de sopa de azeite numa frigideira, e refoguei ligeiramente um pouco de sementes de coentro moídas, 1 colher de chá de curcuma, um pouco de noz moscada e um pouco de cominhos. Juntei a esta mistura o arroz, que fritei, mexendo sempre. Depois de bem quente, desliguei, e adicionei um punhado de nozes e meia maça verde ralada.

O resultado, um clássico de todos os dias, aproveitando sobras, e com um gostinho diferente.
O jantar foi seguido de uma fatia de cheesecake com compota caseira de pêssegos… mas a receita ainda não me saiu bem como queria. Depois de testar as alterações que planeio à receita, será postada.

Coxinhas de frango com cebola

Tira-se a pele a coxinhas de frango. Colocam-se num tabuleiro de ir ao forno. Cobrem-se com um pacote de sopa de cebola – sim, isso mesmo, assim em pó, e sem preparar antes a sopa – e rebolam-se um bocadinho para ficarem cobertas por todos os lados. Deita-se por cima um pacote de natas (magras para aliviar a consciência). Leva-se ao forno a 200º até estar bem douradinho (cerca de 50 minutos).

Sim, é mesmo só isto! Servi com o arroz basmati normal e teve sucesso aqui no doce lar… que cheira bem até agora.